domingo, 23 de novembro de 2008

bla bla bla


e mais bla...
detesto a merda da injustiça, detesto pessoas cínicas, detesto pagar pelos erros dos outros.
mas acima de tudo o mais detesto e me entristece mais, é saber que pessoas que considerava amigas nem sempre o são... não é?
não entendo esta necessidade de falar de mim e de outras pessoas nas costas, não vejo a necessidade de mentir, e mais ainda, não entendo o porque de as pessoas não verem o que está à frente dos olhos.
mas como sempre disse, chapada atrás de chapada e eu hei de aprender a não ser tão crédula e tão sincera.
um conselho... se ouvirem falar de alguém que gostam nas costas, não se metam, ou pagam por tabela.

1 comentário:

bruno disse...

sabes..nesta estranha forma de vida concordo plenamente contigo...nem sempre as pessoas com kem estamos no dia a dia, ou com quem convivemos mais são os verdadeiros amigos, pois na hora da verdade são os primeiros a dar o passo atrás..por isso eu identifiquei 3 tipos de amizades, ou seja, os conhecidos, aqules k dizemos bom dia, boa tarde, tá td bem e pouco mais, os amigos de copos, eh pah vamos beber um copo, então como é conta la, o k fizeste no fsd passado, foi fixe a noite, e os verdadeiros amigos, cm gosto dizer e desculpa a linguagem, entao cabrao como é???logo vamos beber uma???, entao e a tua maria tá boa??? a minha ainda tá melhor..lol.mas como é k tas?? ja resolves te a tua situação??se precisares ja sabes..obrigado amigo, não preciso de casa, durmo numa caixa de multibanco, ta se bem..eh pah aí não..pra isso dormes na casota do meu cão..heheheh..ok durmo com a tua maria e dormes tu na casota..entao va companheiro as melhoras..aquele abraço..um ligeiro dialogo k nos faz pensar, mas k na verdade qd precisamos dos verdadeiros amigos ele estão presentes e é isso k importa e k ja raramente se encontra hoje em dia.digamos k e como o conceito "tens a minha palavra" felizmente ainda ha pessoas em k se pode acreditar, é pena serem tão poucas, mas como costumo dizer, na natureza nada se perde, tudo se transforma....e assim sendo, resta a nos esperar e encontar pessoas como nós, senão..paciencia...já agora..vale a pena pensar nisto..